Maioria dos profissionais não faz planos de longo prazo, diz pesquisa

nov 3, 2011   //   by amilcar   //   Notícias, Sem categoria  //  Nenhum Comentário

Um levantamento realizado pelo Núcleo de Coaching Integração revelou que a maioria dos profissionais não faz planos de longo prazo. O levantamento foi realizado com o objetivo de entender a relação dos entrevistados com a vida pessoal com os objetivos no trabalho.

De acordo com os dados, a maioria dos entrevistados não sabe quais são os seus objetivos de médio e longo prazos, sendo que 33% declaram que não os têm, 32,5% não têm objetivos de forma clara, 15% nunca pensaram em prazo tão longo. Apenas 13,5% disseram que vislumbram metas para 10 ou 20 anos. Outros 6% não responderam.

Felicidade

O estudo questionou também se os profissionais se consideravam felizes. Pelos dados, 68% se sentem felizes no momento atual, 29% parcialmente felizes e somente 3% demonstraram um alto grau de infelicidade ou insatisfação.

“Percebemos que o brasileiro está feliz, até mesmo eufórico, mas ao mesmo tempo perdido e despreparado para o crescimento do País”, disse a responsável pelo estudo, Jaqueline Weigel.

Para a especialista, declarar felicidade e satisfação abundante sem ter objetivos claros é efêmero e não sustentável. “As pessoas não foram ensinadas a criarem metas tangíveis, formatas e claras, então, elas têm anseios abstratos, como ter saúde, paz. O profissional nesta situação só reclama ou troca de trabalho”, ressalta.

Ela acrescenta que esta situação se reflete diretamente na carreira, pois, sem um plano de vida estruturado, o plano profissional de sucesso encontra dificuldades, pois ele busca sucesso, mas não sabe exatamente o que é. “ O que torna a procura vazia e qualquer empresa ou profissão insuficientes para atender a demanda interna”, finaliza.

Fonte: Infomoney

Contato Rápido




Envie um comentário