Receios e medos comuns das pessoas para não utilizar o Coaching

out 28, 2011   //   by amilcar   //   Life Coaching, Sem categoria  //  Nenhum Comentário
  • Receio de ser criticado pelos pares, subordinados, superiores hierárquicos.
  • Receio de ser tachado de incompetente, incapaz de resolver suas dificuldades sem a ajuda de alguém.
  • Receio de ser cobrado pelos resultados.
  • Receio de ser considerado privilegiado, protegido, “queridinho do chefe”, etc.
  • Perder seu “tempo precioso” em vez de fazer o seu trabalho.
  • Não obter os resultados esperados e ser despedido.
  • Ter que se submeter a um “treinamento” que poderá expor suas limitações.
  • Resistência à mudança.
  • Ter que sair da zona de conforto.

  • Achar que não tem mais nada para aprender.
  • Falta de flexibilidade.
  • Insegurança / Baixa auto-estima.
  • Receio de que seus pares e subordinados deixem de respeitá-lo.
  • Não deseja assumir maiores responsabilidades.
  • Acha que quem precisa é o chefe.
  • Não confia na organização ou na pessoa que sugeriu o trabalho de coaching.
  • Considera que admitir suas limitações colocará o seu cargo em risco.

Tais receios são mais comuns do que se imagina e muito tem a ver com o momento da vida e a maneira de ser da pessoa, ou com o estilo de gerência e cultura organizacional na qual ela está inserida.

No entanto, um bom coach sabe entender cada situação e conduzir o processo de coaching no sentido de assegurar ao coachee as condições para que tais receios só confirmem a beleza do crescimento pessoal e profissional pelo entendimento e superação das próprias percepções limitantes.

Um coach que sabe lidar com a resistência do coachee pode fazer dela uma ferramenta a mais no processo de coaching e o ajuda, assim, a não desistir de seu próprio desenvolvimento.

Aquela pessoa que se permite enfrentar seus receios e passa pelo processo, sai deste transformado pela própria capacidade de superação e transformação muitas vezes desconhecidas.

Contato Rápido




Envie um comentário